search instagram arrow-down

Bikepacking in Morocco, 2018

Lille para Lisboa, 2018

Portugal de Bicicleta, 2017

Estamos em Março, faltam menos de 50 dias para começar a pedalar para a minha próxima aventura de bicicleta. Depois de ter contornado a fronteira portuguesa de bicicleta ao longo de quase 3000 km em 15 dias em total autonomia, a rota para 2018 não poderia ser outra senão maior.

Se por um lado os ânimos aumentam e a vontade de partir começa a ser maior, semelhante ao inicio da ebulição da água para fazer o teu chá, por outro lado, a necessidade de planeamento torna-se necessariamente evidente. Mas de que forma é que se planeia uma viagem de bicicleta? Aliás, de que forma é que eu planeio uma viagem de bicicleta? Isto porque a maneira de planear muda com o mínimo dos detalhes, a começar pela pessoa que fará a viagem a ser planeada.

Planeamento é o primeiro passo para concretizar. Não evitará todos os imprevistos, até porque apenas o inesperado pode tornar a tua aventura inesquecível. Assim que, façamos os planos mas deixemos espaço para que o imprevisto inesperadamente esperado possa ser vivido.

O percurso já está feito e embora aprecie a simplicidade de um mapa de papel, confesso que também sou adepto da praticabilidade que a tecnologia hoje nos oferece. Seria hipócrita se dissesse que a tecnologia não é algo positivo, é graças à ela que eu escrevo de um lado e tu lês do outro. Obviamente, assim como as melhores coisas da vida, deve ser consumida moderadamente. Com o percurso feito verifico o desafio desnecessariamente duro ao que me proponho. Não penso duas vezes no mesmo problema, uma basta. Eu não chamaria um problema, antes um desafio. O meu maior desafio é propor desafios à mim mesmo. Não que não faça, tento. Mas por vezes os desafios são disparatados que só podem ter vindo de uma conversa no café. (O que muitas vezes acontece, mas levo-os adiante de qualquer forma).

Não me irei prolongar, até porque esta aventura nem ainda começou. Não quero que se cansem antes de começar. Assim que vos deixo um único conceito para reflectirem. Um que já foi dito e que volto a repetir. Façam planos, preparem o futuro. No entanto, não se esqueçam de deixar um espaço para o inesperado pois é o que fará um futuro inesquecível.

This entry was posted in Before.
Deixe uma Resposta
Your email address will not be published. Required fields are marked *

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: